Conceitos Finais e Exemplo Prático – Structs: Estrutura da Linguagem – Parte 2

Olá pessoal, neste artigo veremos mais alguns conceitos e criaremos um exemplo prático com Structs. Acompanhem:  Diferenças entre Classes e Structs – Apesar de serem muito parecidas sintaticamente, as classes e structs apresentam algumas diferenças, como descrito a seguir: Uma struct não pode ser herdada de uma classe base, ao contrário de uma classe; Em … Continue lendo Conceitos Finais e Exemplo Prático – Structs: Estrutura da Linguagem – Parte 2

Conceitos e Sintaxe – Structs: Estrutura da Linguagem – Parte 1

Olá pessoal, neste artigo veremos os principais conceitos das Structs. Acompanhem: A carga para gerenciar o heap (pilha, local especial da memória) pode tornar-se desproporcional em situações nas quais uma classe possui uma quantidade muito pequena de dados. Se assim for, é aconselhável definir o tipo como estrutura ao invés de classe. Desta forma, a … Continue lendo Conceitos e Sintaxe – Structs: Estrutura da Linguagem – Parte 1

Classes do .NET Framework – Introdução

Olá pessoal, não vejo muito por aí, na internet, artigos técnicos falando sobre o assunto (em português menos ainda), por isso resolvi começar a estudar o assunto e apresentá-lo a vocês, que é uma extensa (será extensa mesmo!) abordagem teórica e prática sobre as 20 principais classes do .NET Framework, suas sub-classes e métodos. Se … Continue lendo Classes do .NET Framework – Introdução

Usando Atributos de Classes Distintas em Conjunto, com Orientação a Objetos em C#

Olá pessoal, neste artigo veremos como usar atributos de classes distintas, usando os conceitos de Orientação a Objetos e a linguagem C#. Acompanhem:  Introdução – O objetivo deste artigo é mostrar como usar atributos de uma classe na outra, usando conceitos básicos de Orientação a Objetos. Como este exemplo é feito usando como base uma … Continue lendo Usando Atributos de Classes Distintas em Conjunto, com Orientação a Objetos em C#

Exemplo Prático – Interfaces: Programação Orientada a Objetos – Parte 2

Olá pessoal, neste artigo veremos um exemplo prático com o uso de Interfaces. Acompanhem: Crie um projeto, do tipo Console Application, dando a ele o nome ExemploInterfaces. Agora vá à Solution Explorer e adicione uma classe ao projeto, dando a ela o nome Funcionario. Nesta classe iremos crie uma interface e uma classe, como no … Continue lendo Exemplo Prático – Interfaces: Programação Orientada a Objetos – Parte 2

Conceitos – Interfaces: Programação Orientada a Objetos – Parte 1

Olá pessoal, neste artigo veremos os principais conceitos sobre Interfaces. Acompanhem: Podemos definir como interface o contrato entre a classe e o mundo exterior. Quando uma classe implementa uma interface, se compromete a fornecer o comportamento publicado por esta interface. As classes ajudam a definir um objeto e seu comportamento e as interfaces que auxiliam … Continue lendo Conceitos – Interfaces: Programação Orientada a Objetos – Parte 1

Exemplo Prático – Classes Abstratas: Programação Orientada a Objetos – Parte 2

Olá pessoal, neste artigo veremos um exemplo prático com Classes Abstratas. Acompanhem: Crie um projeto do tipo ConsoleApplication, dando a ele o nome ExemploClassesAbstratas. Poderíamos criar as classes direto no arquivo Program.cs, gerado automaticamente pelo Visual Studio e que contém o método Main, que define o ponto de entrada de nossa aplicação. Mais como boas … Continue lendo Exemplo Prático – Classes Abstratas: Programação Orientada a Objetos – Parte 2

Conceitos – Classes Abstratas: Programação Orientada a Objetos – Parte 1

Olá pessoal, neste artigo veremos os conceitos sobre Classes Abstratas. Acompanhem: As classes abstratas são as que não permitem realizar qualquer tipo de instância. São classes feitas especialmente para serem modelos para suas classes derivadas. As classes derivadas, via de regra, deverão sobrescrever os métodos para realizar a implementação dos mesmos. As classes derivadas das … Continue lendo Conceitos – Classes Abstratas: Programação Orientada a Objetos – Parte 1

Conceitos e Exemplo – Classes e Membros Estáticos: Estrutura da Linguagem

Olá pessoal, neste artigo veremos os conceitos e um exemplo com as Classes e Membros Estáticos da linguagem C#. Acompanhem: Classes Estáticas – As classes estáticas são aquelas que contêm apenas membros estáticos, além de que elas não podem ser instanciadas. Quando o programa ou o namespace que possui determinada classe estática é carregado, o … Continue lendo Conceitos e Exemplo – Classes e Membros Estáticos: Estrutura da Linguagem

Exemplo Prático – Classes: Programação Orientada a Objetos – Parte 3

Olá pessoal, neste artigo criaremos um exemplo prático com alguns dos elementos da classe, abordados anteriormente. Acompanhem: Nos artigos anteriores criei uma solução no Visual Studio, dei a ela o nome de ExemploClasses. Adicionei um projeto do tipo Class Library (Biblioteca de Classes), dando a ele o nome de Elementos. Nele, criei os quatro elementos … Continue lendo Exemplo Prático – Classes: Programação Orientada a Objetos – Parte 3