Conceitos e Exemplos – Herança: Programação Orientada a Objetos – Parte 1

Olá pessoal, neste artigo veremos os principais conceitos e alguns exemplos de Herança. Acompanhem:

A Herança possibilita que as classes compartilhem seus atributos, métodos e outros membros da classe entre si. Para a ligação entre as classes, a herança adota um relacionamento esquematizado hierarquicamente.

Na Herança temos dois tipos principais de classe:

– Classe Base: A classe que concede as características a uma outra classe

– Classe Derivada: A classe que herda as características da classe base

O fato de as classes derivadas herdarem atributos das classes bases assegura que programas orientados a objetos cresçam de forma linear e não geometricamente em complexidade. Cada nova classe derivada não possui interações imprevisíveis em relação ao restante do código do sistema.

Com o uso da herança, uma classe derivada geralmente é uma implementação especifica de um caso mais geral. A classe derivada deve apenas definir as características que a tornam única.

Por exemplo: uma classe base que serviria como um modelo genérico pode ser a classe Pessoa com os campos Nome e Idade. Já uma classe derivada poderia ser Funcionário com os campos Nome e Idade herdados da classe Pessoa, acrescido do campo Cargo.

De maneira natural, as pessoas visualizam o mundo sendo formado de objetos relacionados entre si hierarquicamente.

Mais um exemplo: vamos analisar a relação entre animais, mamíferos e cachorros. Os animais, sob uma descrição abstrata, apresentam atributos, tais como tamanho, inteligência e estrutura óssea. Apresentam também aspectos comportamentais como mover-se, dormir, comer, respirar, etc. Esses atributos e aspectos comportamentais definem a classe dos animais.

Analisando os mamíferos, que são filhos da classe animais, veremos atributos detalhados e específicos a ele, como por exemplo, tipo de dente, pelos e glândulas mamárias.

Assim, podemos afirmar que os mamíferos são classificados como uma classe derivada dos animais, que por sua vez, são uma classe base dos mamíferos.

Pela chamada hierárquica de classes, a classe derivada mamíferos recebe todos os atributos de animais, partindo do princípio que uma classe derivada recebe por herança todos os atributos de seus ancestrais.

Assim finalizo o artigo. Na próxima parte veremos os conceitos do operador base e dois exemplos práticos de herança, não percam!

Um abraço, e até o próximo artigo.

Wellington Balbo de Camargo

wellingtonbalbo@gmail.com

Anúncios

2 comentários sobre “Conceitos e Exemplos – Herança: Programação Orientada a Objetos – Parte 1

Expresse sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s